Utilizamos cookies para gerar estatísticas interessantes, para proporcionar ofertas personalizadas noutros locais da rede e para melhorar o nosso website.
Se não fugir, partimos do pressuposto que aceita os cookies.Definir parâmetros para os cookies  

A Trainline e os cookies

A função dos cookies

A Trainline coloca pequenos ficheiros (chamados cookies) no seu computador para monitorizar a informação sobre a sua navegação.

Os cookies servem para:

Os cookies não são utilizados para o identificar pessoalmente, as suas opiniões ou o número que calça.

Verá um painel na parte superior da nossa página inicial antes de recolhermos um único cookie do seu computador. Preferíamos não ter o painel, mas é a lei.

Cookies, toda a verdade

Um cookie é um documento de texto. Como um bloco de notas, um registo ou um pequeno diário, mas para computadores. Tal como um diário, pode escrever nele e ler o que já foi escrito. Também à semelhança de um diário, as informações que lá se encontram não são públicas, obviamente, e só são partilhadas entre a pessoa que escreveu e você. A pessoa que escreve é um pouco como um mordomo perspicaz de um hotel de 5 estrelas na Riviera Francesa: impecável, de fato e gravata e sapatos impecavelmente engraxados.

Com excelentes maneiras e uma incrível atenção ao detalhe, o mordomo de um hotel de 5 estrelas conhece todos os seus hábitos e manias. O seu trabalho é antecipar os seus desejos. Por isso, está sempre a observá-lo atentamente, a estudá-lo e a meter conversa para conhecê-lo melhor. Ouve os seus desabafos, com atenção a cada palavra, considerando todos os seus comentários e acenando em jeito de compreensão quando declara as suas necessidades. Sempre discreto, toma nota do que aprende sobre si no seu diário. Compreende que prefere acordar cedo, que não gosta do calor e que prefere a SmartWater à Dasani (concorda, como é óbvio, que o sabor é muito melhor). Sabe que adora um bife médio-mal passado, que prefere os vinhos de base Gamay, mas que não recusa um copo de Pinot Noir e que gosta de flores frescas no seu quarto de manhã. Tudo é anotado e arquivado no seu pequeno livro para que tudo esteja pronto quanto regressar ao mesmo hotel no próximo ano.

Quando a Trainline guarda pequenos ficheiros no seu computador para recolher informações sobre a sua navegação, desempenha o papel do mordomo do hotel de 5 estrelas, mas sem o fato janota.

A lei é dura e os cookies estão queimados

A lei exige que o informemos sobre a função dos cookies. Também temos de obter a sua permissão para os utilizarmos. E, por fim, temos de lhe facultar uma forma de recusar a sua utilização, porque pode preferir biscoitos.

Como utilizamos os cookies

Permita-nos que apresentemos os cookies de terceiros que utilizamos, uma vez que necessitam da sua aprovação. A lista que se segue pode mudar nos próximos meses, dependendo de como os terceiros evoluam.

Medição da utilização do website (Google Analytics)

Depois de confiarmos durante muito tempo no Piwik, utilizamos agora o Google Analytics para recolhermos informações sobre a sua utilização do website.

Fazemos estes testes para garantirmos que o website satisfaz as suas necessidades e para nos ajudar a melhorar. Por exemplo, expandimos a nossa página de registo quando nos apercebemos de que os nossos clientes perguntavam sobre o nosso modelo de negócio antes de se inscreverem.

O Google Analytics guarda informações sobre:

Não recolhemos informações pessoais (como o seu nome, morada ou cor do cabelo) no Google Analytics. Também não permitimos que a Google utilize ou partilhe os nossos dados de análise com outros dados retidos pela Google.

O Google Analytics utiliza os seguintes cookies:

Universal Analytics

Nome Validade Função
_ga 2 anos Utilizado para contabilizar quantas pessoas visitam trainline.com.br para reconhecer os utilizadores que já tenham visitado o website
_gat 10 minutos Utilizado para monitorizar a frequência dos pedidos da página Web

O utilizador pode recusar os cookies Google Analytics.

Ligação através de terceiros (Facebook e Google)

Utilizamos o Início de sessão do Facebook e do Google+ para permitir aceder à sua conta Trainline utilizando as suas contas do Facebook ou Google+.

Por sua vez, a Google e o Facebook utilizam cookies de autenticação para guardar informações da sua palavra-passe (encriptada) e determinar qual foi a sua última ligação.

Facebook

Não controlamos o que o Facebook escreveu nos seus cookies. Tal como a Coca-Cola, as suas receitas são sempre secretas.

Nome Validade Função
c_user Ao fechar o navegador O Facebook utiliza-o para fins de identificação anotando o número de utilizador aqui
csm Ao fechar o navegador Utilizado para identificação além do c_user; permite armazenar alguns cookies no seu computador se a sua ligação for segura
datr 2 anos Criado quando um navegador acede ao Facebook pela primeira vez e, em seguida, é utilizado para detetar qualquer comportamento de uma ligação duvidosa
fr 2 anos Utilizado para registar informação sobre o seu navegador e atividade no Facebook
lu 2 anos Resumindo, tal como os dados, este cookie é criado quando um navegador acede ao Facebook pela primeira vez e é utilizados especificamente para pré-preencher o seu endereço de e-mail no formulário de início de sessão do Facebook
xs Ao fechar o navegador Utilizado para proteger da possível utilização da sua conta do Facebook por um pirata informático
s Ao fechar o navegador Este cookie é utilizado da mesma forma que o “xs”, mas o seu tamanho é um pouco maior

Pode aprender muito sobre as políticas de privacidade do Facebook.

Google

Esperamos que goste de maiúsculas porque é o que a Google usa para dar nome aos seus cookies.

Nome Validade Função
ACCOUNT_CHOSER 2 anos permite selecionar a conta Google que pretende associar à Trainline—não, o seu endereço de e-mail de adolescente não vai desaparecer
GALX Ao fechar o navegador permite que a Google autentique a sua identidade ao clicar no botão vermelho para ligar ao nosso website
GAPS 2 anos como o GALX, mas continua a funcionar, como o coelho das pilhas

Publicidade online (Google e Microsoft)

Quando realiza uma pesquisa no Google ou Bing (Microsoft), alguns resultados são, na verdade, publicidade. Se clicar nessas publicidades, a Google e a Microsoft mostram anúncios que são relevantes para os seus interesses. Para isso, utilizam os seus próprios cookies, que serve para reter as suas preferências de navegação para melhor servi-lo como consumidor.

Google

Nome Validade Função
NID 6 meses contém as suas preferências Google, tais como as definições de idioma, as suas últimas procuras e é utilizado principalmente para o Adwords

Pode desativar o direcionamento Google.

Microsoft

Tal como a Google, a Microsoft utiliza cookies para melhor direcionar o seu conteúdo no seu motor de busca (Bing) e websites (MSN).

Nome Validade Função
MUID 2 anos para monitorizar as suas pesquisas Bing, a sua localização e as suas interações com os serviços da Microsoft para otimizar as campanhas de publicidade para os anunciantes no Bing e no MSN
MR 6 meses O mesmo objetivo que o MUID, mas mais temporário

Pode desativar o direcionamento Microsoft.

Melhorar a Trainline

Utilizamos um único cookie no nosso website. É de fabrico caseiro e só serve os nossos funcionários. Por conseguinte, não exige o seu consentimento por lei. Vamos mostrá-lo de qualquer das formas, porque partilhar receitas nunca fechou restaurantes.

Nome Validade Função
ct_session 1 ano Tal como o “P” em Pterodactilo, este cookie é inútil a menos que trabalhe na Trainline, onde é utilizado para identificação

Caso seja alérgico a cookies

Se não pretender que o seu computador receba cookies, pode contratá-lo como um corpulento porteiro que o notifica quando um website tentar colocar cookies no seu computador.

Cada navegador lida com os cookies de filtragem à sua maneira:

Uma alternativa à alteração das definições do navegador consiste em instalar uma extensão diretamente no browser, que permite bloquear a maioria dos cookies de terceiros. A mais conhecida destas extensões chama-se Ghostery. O Privacy Badger também funciona bem.

A receita dos cookies da Trainline

captain_cookies_logoCaptain Cookies é uma pastelaria francesa tradicional, fundada em Paris em 2009 por três aprendizes que chegaram à capital para estudar artes culinárias sob a mestria pasteleira do Jean-Michel Marlentin, premiado com o Rolling Pin de ouro em 1986 pelos seus éclairs de chocolate, que são incrivelmente deliciosos.

Na Trainline, os membros da nossa equipa comem biscoitos (cookies) Captain Cookies todos os dias para melhorarem a trainline.com.br. Com os cookies da Trainline, conseguem uma dieta rica e saciante que lhes fornece todos os nutrientes de que necessitam para manterem a vitalidade.

Apresentamos a nossa receita favorita dos Captain Cookies.

Para 4 pessoas:

Antes de preparar:

1. pré-aqueça o forno a 350 °F/180 °C

2. parta a barra de chocolate branco em pedaços pequenos com uma faca e coloque no frigorífico—o chocolate, não a faca.

3. peneire a farinha, o fermento em pó e o bicarbonato de sódio, junte a manteiga derretida e misture tudo numa massa.

4. junte o açúcar mascavado, a baunilha, os ovos, o coco e os pedaços de chocolate branco, mexa bem, sem agitar.

5. use as palmas das mãos para moldar a massa em bolas e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal.

6. deixe espaço suficiente entre as bolas para impedir que se colem como as pessoas que se sentam ao seu lado no metro, mesmo quando a carruagem está vazia, completamente vazia.

7. leve ao forno durante 12-15 minutos e vigie atentamente para não deixar queimar.

Não é necessário pedir o consentimento dos seus convidados antes de lhes servir os seus biscoitos, por isso, vamos atacá-los!

Como uma nota completamente irrelevante, se gosta de comer biscoitos, viajar de comboio, comer biscoitos enquanto viaja de comboio, então queremos saber de si.